NOTÍCIAS

Entre as maiores expressões de fé do país

01/10/2011

(Foto: Thiago Araújo )

Considerado ícone da identidade paraense, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré é uma das mais importantes manifestações católicas em todo o mundo, reunindo até duas milhões de pessoas em sua procissão. A romaria, que conduz a imagem da Santa pelas ruas centrais de Belém, realiza-se desde 1793 e agrega um conjunto de outras procissões e atividades, incluindo até mesmo um lado profano, como a Festa da Chiquita, que se desenrola durante mais de duas semanas. A devoção a Nossa Senhora de Nazaré chegou ao Pará no século XVII, no município de Vigia, possivelmente trazida por marinheiros açorianos. “Desde o século XV, em Portugal, a devoção nazarena, dentre outras, era marcadamente uma manifestação da cultura religiosa e do imaginário dos nautas portugueses. Somente no começo do século XVIII é que o culto a Nossa Senhora de Nazaré chegou a Belém, como reza a lenda e a tradição, em torno da figura do caboclo Plácido. E sendo um culto marítimo, haveria de se espalhar pelo mundo infindável das águas amazônicas”, conta Geraldo Mártires Coelho.

No começo, a manifestação não continha formalizações e cerimônias de grande apelo simbólico ou popular. Porém, com a consolidação do evento, valores turísticos, econômicos e políticos foram incorporados à data, sem deixar de lado os conceitos essenciais da fé.

“É mais de um século de adoração e compromisso com Nossa Senhora de Nazaré. Quando acaba um Círio, já começamos a nos envolver com o outro para realizarmos sempre essa bela representação da doutrina cristã”, afirma o padre José Maria. Mesmo já tendo visitado outros eventos religiosos, como a festa de Nossa Senhora Aparecida em São Paulo, ele garante que há algo único na celebração paraense. “O envolvimento da população, os enfeites na cidade e os rituais estabelecidos de acordo com a procissão, a exemplo do almoço típico e as lembrancinhas, dão uma atmosfera especial e encantam paraenses e visitantes”, resume.

MAIS NOTICIAS

CIDADE LIMPA

O Brasil do papel moeda

27/07/2014

CIDADE LIMPA

Sonhos no papel

27/07/2014

CIDADE LIMPA

O alumínio e o Brasil

20/07/2014

CIDADE LIMPA

Um coração de lata

20/07/2014