NOTÍCIAS

Lição de casa

02/06/2014

(Foto: Bruno Carachesti )

Brincando, estudantes seguem aprendendo que separar o lixo ajuda o futuro de Belém: o mais importante é todos fazendo a sua parte

A programação da campanha Agente do Bem percorreu mais uma vez escolas públicas e particulares da Região Metropolitana de Belém para incentivar jovens a reciclar e a reaproveitar melhor o lixo. Na manhã de sexta, a ação promovida pelo Projeto Orgulho de Ser do Pará esteve na Escola Estadual Cristo Redentor, na Cabanagem.

À tarde, a campanha esteve no Centro Educacional Espaço Feliz, na rua Osvaldo de Caldas Brito, no Jurunas. A ação ocorre até esta sexta, 6, com objetivo de conscientizar crianças e adolescentes a cuidar melhor do lixo e manter Belém mais limpa.

“A escola Espaço Feliz está a par de todos os projetos do DIÁRIO”, comemorou a professora do 5º ano Maria Tereza do Amaral, 40. “Sempre participamos do Diarinho e desde o ano passado fomos incluídos nesta ação do Orgulho de Ser do Pará. Inclusive a temática utilizada pelos orientadores foi a inclusão de pessoas deficientes. E agora, as crianças puderam saber mais um pouco sobre a correta destinação do lixo e se sentir também responsáveis para melhorar o meio ambiente onde vivem”, acrescentou.

Um grupo de 24 estudantes conheceu as orientações sobre as cores da coleta seletiva de lixo. O exercício da seleção de lixo é importante, embora Belém ainda não possua reciclagem efetiva em larga escala. “Quando separamos o lixo em casa e o depositamos nos terminais próprios para a reciclagem, eles são recolhidos por caminhões que os compactarão e logo darão os mesmos destinos que o lixo que não foi selecionado anteriormente. Isso sinaliza para uma destinação ainda tacanha na cidade, e que o gestor público deve ser pressionado neste sentido”, diz Silvio Garrido, da ONG Centro de Voluntariado Ação Voluntária, que coordena as ações.

Em casa que a estudante Ana Vita, 10, aprendeu as primeiras noções para a destinação correta do lixo. Agora, com as orientações na escola, já sabe o que depositar quando as cores do lixo seletivo forem o marrom e o preto. “Já ouvia falar nisso, mas ainda não conhecia. O preto é para madeira e o marrom é para a comida”, ensinou Ana.

A campanha Agente do Bem Cidade Limpa é patrocinada pela Vale, Banco da Amazônia e Marko Engenharia.

(Wal Sarges/Diário do Pará)

 

AGENTE DO BEM

CUIDE DO LIXO E MUDE SUA CIDADE

Incentivar o maior número de pessoas a debater novas ideias e a se envolver em ações, posturas, comportamentos e atitudes que ajudem a construir cidades melhores - combatendo problemas que estão ao alcance de todos, para além da intervenção do poder público - é o objetivo da campanha Agente do Bem. Engaje-se.

MAIS NOTICIAS

CIDADE LIMPA

O Brasil do papel moeda

27/07/2014

CIDADE LIMPA

Sonhos no papel

27/07/2014

CIDADE LIMPA

O alumínio e o Brasil

20/07/2014

CIDADE LIMPA

Um coração de lata

20/07/2014